Sobre

Nossa História

O empreendedor Rogério nos conta, fazendo uma volta no tempo, que seu pai Thomix tinha um armazém no mesmo local que hoje é seu restaurante. Sendo assim, desde criança já trabalhava com o pai e foi desenvolvendo seu talento para o comércio. No ano de 1977, foi para a aeronáutica, onde ficou até 1979. E, nesse intervalo, veio uma crise e seu pai teve de fechar o estabelecimento. Em 1980, então, Rogério começou a reconquistar os clientes e o espaço da família vendendo sanduíches e alguns pratos feitos preparados por sua mãe Alzira. Nesta época, ele já percebia um volume de turistas que vinham acampar no Parque Nacional e, aos finais de semana, buscavam pelas cachoeiras, pelo lazer e pela comida. E assim, atento às oportunidades, seu negócio foi crescendo! Atualmente, o Rogério’s Restaurante, em funcionamento há 37 anos, oferece: Espaço Bar, Espaço Restaurante ( com opções de cardápio a kilo e à La Carte), Café da Manhã com reserva e espaço para lazer ( churrasqueira e ducha). O empreendedor também destaca que Barreira, onde está localizado o restaurante, é uma área privilegiada por sua beleza que atrai aos turistas e que, no local, também já foram gravados seriados e novelas como, por exemplo, Presença de Anita e Uga Uga. Atento ao conceito da sustentabilidade, faz separação de óleo de cozinha para fabricação de sabão, possui horta própria para abastecer o restaurante com verduras e ovos caipira e reaproveita sobra de alimentos para compostagem e alimentar a criação. Também atento à segurança dos visitantes que vem se banhar nas cachoeiras, o restaurante tem parceria com o Parque Nacional – Instituto Chico Mendes e possui sistema de sirene que alerta as pessoas para o fenômeno cabeça d’água. É o único comércio local que oferece este equipamento. O espaço do restaurante é, realmente, acolhedor e agradável! Possui uma decoração de forma a privilegiar a cultura e preservar o ambiente ( ecossistema). É possível fazer as refeições e, ao mesmo tempo, ter contato com livros em geral, já que há uma biblioteca à disposição de todos! Este cuidado com o espaço do restaurante é reflexo do compromisso de Rogério com a preservação da memória e história de Guapimirim, que há tempos vem ajudando a pesquisar, incluindo levantamentos sobre: Bernardelli, Barreira Fiscal, Passagem do Trem, Capela e Museu Von Martins. Por curiosidade, encontramos no site da empresa, algumas informações sobre a história da localidade, que diz assim: ” Barreira era um posto de pedágio por onde passavam as tropas que seguiam em direção a Minas Gerais, era cobrado uma taxa, o que deu origem ao nome do Bairro. A Estrada Imperial iniciava no porto de Piedade, em Magé, onde os nobres vindos do Rio de Janeiro desembarcavam das caravelas e seguiam nas Carruagens ou Liteiras em direção a Teresópolis, passando pela Barreira”.